domingo, 17 de janeiro de 2010

Vestida para matar


Vestida para matar
Sou uma menina doce
se encontro a tal pureza
tão difícil de achar....
Me sento bem comporta
dafaço dengo no olhar...
Mas se encontro a malícia
a tentativa do domínio masculino
ponho veneno nos lábios
ataco, mordo,arranho
acabo com esse menino
Ponho perfume de perigo
pra seduzir teu olfato
ponho óleo pelas curvas
pra distrair o teu tato
Faço e desfaço
o meu laço impiedoso
da sedução
violenta, sem pudor
sem romance, sem amor
e ainda prendo teu coração!
(Silvane Saboia)

Um comentário:

  1. Uma sedução sem limites ,só paixão e fogo!
    Beijos de luz e gostei muito lindo.

    ResponderExcluir